quarta-feira, 27 de julho de 2011


Só não me chame de fraca, você não imagina quantas vezes pedi a mim mesma pra parar de chorar e tive que sair por aí com um sorriso que não era meu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário